Linda do jeito que é


 Ei, garota! Você não precisa ser mais do que ninguém. Você só precisa melhorar por você mesma, e fim. Você nem sabe, mas tanta gente te admira. Tanta gente queria ser igual a você. 


 Bem, não é novidade para quem te cerca, mas preciso te dizer isso: você é demais, e nem sabe. Lembra daqueles olhares que você recebe enquanto passa na rua? Não, não é porque você está estranha. E, sim, é porque você é encantadora. Seu jeito de andar, de falar, de sorrir, de mexer no cabelo, de sentir vergonha quando recebe elogios, faz de você tão única. Ah, garota, se você soubesse o quanto é especial, não seria tão insegura assim. 


 É natural ter dias maus, e não se sentir bem, eu entendo. O problema é quando você passa a achar que o problema está em você, e não nas circunstâncias. Ei! Você não é o problema, mas, sim, a solução dele. Olhe para si mesma com amor. Ame-se acima das imperfeições. Ah, e não é porque aquele carinha que você gostava tanto, não soube te enxergar da maneira certa, que ninguém mais vai conseguir. Não é difícil te amar. Tira isso da sua cabeça! O difícil está em quem não sabe amar, e você não tem culpa de nada disso. É fácil, bem fácil, te olhar com amor e querer ser tudo o que você sempre quis. Não liga para essa gente que corre demais, e nada observa. 


 Há coisas que necessitam de atenção, e você é uma delas. Atenção ao te olhar, ao te ouvir, ao saber discernir o que você está tentando dizer com um simples gesto. Não ache que você tem que ser o que os outros querem que você seja. Não ache que você tem que agradar todo mundo para ser feliz, não! Analise-se com seus próprios olhos, e não com os olhos dos outros. Ame-se. Cuide-se. Respeite o seu próprio tempo. Ah, garota! Você é diferente! E ser diferente num mundo tão igual é um privilégio. Você não precisa ser outra pessoa para ser incrível. Você é linda do jeito que é. 


 Você precisa ser mais você com todas as suas forças. Ah... teu jeito de se vestir, de discutir, de encarar a vida, de ser forte, de ser frágil, atrai muita gente curiosa para saber mais sobre quem você realmente é. Não se esconda, não tenha vergonha. Vergonha é querer ser igual a todo mundo. Vergonha é querer ser quem você não é. Vergonha é tentar se encaixar num quadrado, quando você nasceu para ser triângulo. Descubra quem você é, e use isso ao seu favor. Não se cobre tanto. Entenda os seus limites. Há muito de especial em não ser igual. 


Autora: Suellen Marques

Comentários

  1. Que texto lindo! Adorei a sinceridade nele, em cada palavra. Toda mulher deveria vir aqui e ler isso.
    Obrigado por compartilhar. Beijos!
    www.vivendolaforanoseua.blogspot.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Eu preciso falar com Jesus

Uma linda mulher

Como conseguir ler a Bíblia antes de dormir