Resenha – Uma Longa Jornada

Duas épocas diferentes. 4 pessoas. 2 casais. Uma longa jornada.


Ira Levinson é um senhor de 91 anos de idade e sofre pela perda de sua amada esposa, Ruth. Ruth foi um verdadeiro exemplo de mulher. Professora. Apaixonada por artes. Sua força, sua determinação, seu amor, suas paixões, seus sonhos, sua essência, tudo isso a torna tão bela quanto é descrito no livro. Logo nas primeiras páginas – e também já mencionado na sinopse –, Ira sofre um acidente de carro, enquanto está indo a um lugar importante, e se depara com Ruth sentada ao seu lado. Ele sabe que não poderia ser real, pois Ruth havia falecido há 9 anos. Mas ele se agarra ao que está vendo, e naquele momento, ela dá forças a ele e começam a conversar sobre a história de amor que mudou suas vidas.




Luke Collins é um caubói, jovem, bonito, de bom caráter. Seu trabalho é a montaria e sua prioridade é deixar a fazenda em ordem e dar orgulho à sua mãe. 

Sophia Danko é uma garota gente boa, que está na universidade. Ela é apaixonada por artes, tem uma melhor amiga um pouco sem noção, e têm problemas com o ex-namorado. 

Sophia e Luke vão ter um encontro inusitado, e dali em diante, muitas coisas vão acontecer entre os dois. Luke guarda um segredo de Sophia, e talvez esse amor seja abalado por conta disso. Tudo vai depender da decisão de Luke. Será que esse amor é tão forte quanto o de Ira e Ruth? 

*

Ira teve momentos muito difíceis na Segunda Guerra, e antes de ir para essa missão, tudo estava saindo conforme o esperado. Mas algo aconteceu durante a guerra e isso pode gerar complicações entre Ira e Ruth. Como será que Ruth vai lidar com essa situação? Como será que esse casal vai agir em meio a algo que vai mudar completamente suas vidas? A decisão estará nas mãos de Ruth. 

Duas histórias que se encontram, mesmo sendo algo improvável. 

O amor de Ira por Ruth é descrito no decorrer do livro, e nos ensina o quanto devemos demonstrar nosso amor intensamente por aquela pessoa especial. O tempo passa, e o amanhã pode não chegar. Um amor mútuo. Um amor imensurável. Eles mostram que o amor continua, mesmo depois da perda. Eles mostram que o amor ultrapassa barreiras. Um casal encantador. Toda a história gira em torno deles. 



Confesso que eles são o meu casal favorito e que esse livro trouxe muitos ensinamentos para mim. Eu nunca chorei lendo um livro, e essa foi a primeira vez. Eu chorei. Eu sorri. Eu senti os personagens muito vivos dentro de mim. 

Há uma reviravolta na história e o final é surpreendente. Tudo se encaixa. Tudo acontece como deveria acontecer.


Nicholas Sparks é um excelente escritor. Esse livro foi a minha primeira experiência com o autor, de muitas que ainda virão. Para quem não sabe, o livro foi adaptado ao filme  como vemos em três imagens contidas nesse post. Eu conferi, e posso dizer que é incrível. Não decepcionou. Vale muito a pena conferir. As sensações só foram intensificadas dentro de mim. Fiquei tão apaixonada por Ruth quanto já era.

Ah, gente, eu amei e quando a leitura chegou ao fim, eu não parava de sorrir, de abraçar o livro, e a história foi muito além do que eu esperava. Fui marcada por essa obra magnífica. E aquela sensação de saudade perdura. 

Uma história encantadora.

Espero que tenham gostado da resenha. Indico muito, muito mesmo! 




Páginas: 288 | Editora: Arqueiro | Autor: Nicholas Sparks

Caso você já tenha lido esse livro e/ou visto o filme, qual foi a sua experiência? E qual outro livro/filme do autor você mais gosta? 

Beijos,
Suellen.

Comentários

  1. Tem post ficou lindo!
    Nicholas Sparks realmente escrever muito bem sobre casais, mas as histórias dele em si eu não curto, acho que ele não muda os clichês sabe?
    Mas enfim, é minha opinião e acredito que se as pessoas gostam dele, tem motivo.
    Um beijo!!!

    ResponderExcluir
  2. Eu simplesmente amooo o Nicholas, ele é maravilhoso, leio sempre que posso, mas não posso negar que '' um amor para recordar '' é o meu xodó, choro com o livro, com o filme, sou apaixonada, faça mais resenhas dos livros dele, vou ler todas!!

    ResponderExcluir
  3. Oi Suellen, como está?
    Ouvi e ouço falar MUITO do Nicholas Sparks, mas até agora li apenas um livro dele, chamado "O Resgate", que eu particularmente achei maravilhoso. Já vi sobre esse que tu comentou, mas nunca achei para ler, apenas o filme, mas como filme baseado em livro eu geralmente assisto depois de ler, acabei não vendo. Pelo menos não ainda.
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://rillismo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. é mágico quando encontramos um livro que amamos e nos interagimos com ele ate parecer que ele aconteceu inteiro de verdade né! Não li nenhum livro dele, nem vi o filme. Vc escreve bem, com uma linguagem leve. Thata

    ResponderExcluir
  5. Nossa com essa historia fique super curiosa! Irei procurar o filme para assistir e se u gostar irei ler o livro, dizem que Nicholas Sparks elabora otimas historias

    ResponderExcluir
  6. Linda história! O romance não é meu gênero favorito, mas alguns mudam esse contexto quando a história vale a pena. Sua sinopse ficou ótima. Parabéns

    ResponderExcluir
  7. Eu nao sou tao fã assim do Nicholas Sparks, mas esse livro ficou sensacional! Eu terminei de ler esses dias e fiquei encantada.
    Tua resenha está ótima e espero que ainda inspire outras pessoas a lerem!
    Bjss

    ResponderExcluir
  8. ahh Nicholas Sparks destrói qualquer coração né? não conhecia o livro, fiquei bem curiosa pra ler, amo Nicholas, espero poder ler um dia!

    ResponderExcluir
  9. Oi, Suellen!
    Eu acho impossível não chorar com os filmes baseados nas obras de Nicholas, imagina os livros então? Ainda não me recuperei de Diário de uma paixão...rs
    Uma das coisas que acho interessante é que sempre tem um personagem que volta da guerra.
    Beijos!
    Gatita&Cia.

    ResponderExcluir
  10. Tem razão, Nicholas Sparks, é um ótimo escritor! Suas histórias encantam milhões de pessoas pelo mundo e isso acontece porquê alguma coisa de boa ele traz em suas histórias.

    Parabéns pela resenha. Bem escrita e sem nenhum errinho, kkk
    Abraço!

    ResponderExcluir
  11. Oii, tudo bem?
    Eu tive a oportunidade de conferir o filme, e devo dizer que me apaixonei pelos personagens, principalmente pelo Ira e Ruth. Com certeza eles são um dos meus casais favoritos. A sua resenha está ótima, e ela até me deu vontade de ler ao livro rsrs.

    ResponderExcluir
  12. Nicholas é um dos meus autores prediletos! Algumas das historias para mim são inesquecíveis como Um amor para recordar, Um homem de sorte e Querido John! Esse livro já está na minha lista de aquisições. Adorei a resenha, só me deixou ainda com mais vontade de ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Nicholas é um dos meus autores prediletos! Algumas das historias para mim são inesquecíveis como Um amor para recordar, Um homem de sorte e Querido John! Esse livro já está na minha lista de aquisições. Adorei a resenha, só me deixou ainda com mais vontade de ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Oi Suellen, tudo bem?

    Li apenas um livro do Nicholas e chorei horrores, acho que ele possui esse dom. Já assisti quase todos os filmes dele que foram adaptados e também me acabei no choro.
    Ainda não conhecia essa história e só pela sua resenha fiquei emocionada, gosto desse dom dele de fazer os leitores se debulharem em lágrimas e ao mesmo tempo refletir sobre os sentimentos. Com toda certeza irei colocar na minha lista e ler em breve!

    Beijos!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Uma linda mulher

Eu preciso falar com Jesus

Como conseguir ler a Bíblia antes de dormir