Postagens

Mostrando postagens de Março, 2017

Distância

Imagem
Seja na amizade, seja no amor, a distância é algo que queremos evitar, mas que muitas vezes, é inevitável.   Vivemos nossas vidas pensando e planejando como tudo vai ser, e de repente, já não é mais. Aquele amigo que você doou o seu tempo, que você sorriu com ele, e chorou com ele, mas hoje nem se reconhecem mais. Aquele primo que você passou boa parte da sua infância com ele, e hoje nem se veem mais. Aquela amiga que você sempre achou que iria estar com você para o que desse e viesse, e de repente, ela se distanciou. Aquele namorado que teve que viajar por um tempo, e deixou tudo muito incerto. Aquela namorada que disse adeus. São tantos casos como esses, e tantos outros, que são quase incontáveis.   Também tem o outro lado da moeda. Tem aquela amiga que foi para muito longe, mas que continua muito perto, apesar da distância. Tem aquele amigo que você quase não vê, mas quando vocês se reencontram, nada mudou. Tem aquele amor que mesmo de longe, você acompanha e torce pelo bem, e vice-v…

Como está a sua autoestima?

Imagem
Alguém aqui já adquiriu a autoestima? Se sim, você está no caminho certo, e te parabenizo por isso. Se não, não se desespere, pois ainda dá tempo de adquiri-la. 
Não estou aqui para dizer que é algo fácil, longe de mim. Mas estou aqui para dizer que não é impossível.
 Você conhece alguém que tinha tudo para não se valorizar, para não se contentar com o que é, e mesmo assim, consegue essas coisas perfeitamente? Ter autoestima vai além de ser alguma coisa, ou de ter alguma coisa, mas ela simplesmente está ligada ao que você pensa sobre você mesmo. Acredita? 
 O problema não está em não conseguir o que você quer. O problema está em você achar que não consegue. Vou tentar ser mais simples: você pode até não ter conseguido aquele trabalho que tanto desejou, mas você sabe que é capaz tanto quanto quem conseguiu. Só não era para acontecer da maneira que você planejou. Apenas isso. Quando você tem esse pensamento, você não desiste de tentar outras oportunidades, até conseguir o que quer. O mal e…

TAG: DE BLOGUEIRA PARA BLOGUEIRA

Imagem
Oi, gente!
A TAG: DE BLOGUEIRA PARA BLOGUEIRA, foi criada pela Flavi do blog Memórias de uma Guerreira. Fui indicada pela Nana do blog Fala Tef, para responder algumas perguntas. 
Regras: fale quem criou e quem te indicou. Indique até 6 blogueiras para responder.
Vamos começar?


Por que resolveu criar o blog?
Porque eu queria compartilhar com as pessoas sobre os meus pensamentos, através da escrita. Sempre gostei de escrever, e não queria que isso parasse apenas em mim. Resolvi criar o blog, para conhecer mais os pensamentos de quem interage comigo, e para conhecer mais a mim mesma. Sempre fui apaixonada por livros, pela prática da leitura, e queria compartilhar meus gostos e opiniões com cada um dos meus leitores também.  E os planos não param por aí. Quero trazer novidades ao blog.
De onde se inspirou para ter este nome?
Remember December (lembre-se de Dezembro) nasceu do meu amor pelo mês de Dezembro. Pois é um mês no qual me sinto totalmente envolvida pelas emoções que ele traz consigo. D…

Resenha — The Kiss Of Deception

Imagem
The Kiss Of Deception — volume I Série: Crônicas de amor e ódio Gênero: Romance Páginas: 409 Editora: DarkSide Autora: Mary E. Pearson Nota 1–5:
Sinopse: "AQUELE ERA O DIA EM QUE MIL SONHOS MORRERIAM E UM ÚNICO SONHO NASCERIA." Princesa Lia
A força feminina é a grande estrela neste romance de Mary E. Pearson. Tudo parecia perfeito, um verdadeiro conto de fadas — menos para a protagonista dessa história. Morrighan é um reino imerso em tradições e deveres, e a Primeira Filha da Casa Real, uma garota de 17 anos chamada Lia, decidiu fugir de um casamento arranjado que supostamente selaria a paz entre dois reinos. O jovem príncipe escolhido se vê então obrigado a atravessar o continente para encontrá-la a qualquer custo. Mas essa se torna também a missão de um temido assassino. Quem a encontrará primeiro? O primeiro volume das Crônicas de amor e ódio evoca culturas do nosso mundo e as transpõe de forma magnífica. Através de uma escrita apaixonante e uma convincente narrativa, o romance d…

Para além dos sonhos — parte final

Imagem
A neve estava caindo bem aos poucos, e logo iria desaparecer. Eu amava dias assim. Quando cheguei aqui, uma das coisas que tanto queria ver, era a neve. Eu nunca havia visto, e quando aconteceu, dei pulos de alegria. Era algo inexplicável. Eu olhava para o céu, e analisava como os flocos de neve caiam de forma leve e ao mesmo tempo causavam algo forte, assim que se juntavam aos outros flocos. Quando esses dias chegavam, eu gostava de ficar debaixo do cobertor, lendo e tomando um chocolate quente. Às vezes, assistindo a alguma série. Eu gostava de saber que tudo aquilo não era apenas coisa da minha cabeça. Era tudo muito real. Os sonhos são muito mais do que meras imaginações.  Assim que chego ao Central Park, limpo o banco coberto de neve, e me sento. Era como se tudo que eu estivesse vivendo, fosse um déjà vu. Não consegui acreditar, quando olhei para o outro lado do parque, e avistei um homem alto. Senti o olhar dele  em minha direção, e tentei não olhá-lo por muito tempo. Será que e…

Para além dos sonhos — parte II

Imagem
Chego ao aeroporto, e começo a ficar nervosa. Por quê? É só uma simples viagem! — tentei dizer a mim mesma, mas eu sabia que era algo muito maior. Desde o dia em que falei com a minha mãe, as coisas aconteceram de forma rápida, e eu estava prestes a realizar algo que alimentei, praticamente, durante toda a minha vida.
 Sentada à espera do meu voo, comecei a me lembrar da primeira vez que tive vontade de ir aos Estados Unidos. Era Dezembro de 2006, quando eu estava brincando na rua com meus amigos, e decidimos ir até a casa de uma colega, para assistirmos High School Musical. Eu nunca tinha visto nada do tipo, e enquanto todos riam, e comiam, eu fiquei encantada com o filme, e não conseguia tirar a minha atenção dele. Já contei essa história para muita gente, e sempre escutei risadas. Foi assim? — perguntavam, com desdém. Mas, realmente havia sido daquele jeito, e sempre tive orgulho disso. Coisas que parecem bobas, podem gerar coisas sérias dentro de nós.
 Há coisas que acontecem em no…